A Dança das Calorias

O texto resumido a seguir, de autoria de Antonio Marinho e Leonardo Aversa, foi publicado no jornal O Globo, de 12/4/1998. Em qualquer modalidade, dançar é ótimo. A dança é uma atividade lúdica, que estimula encontros prazeirosos, queima calorias, melhora a postura, fortalece o tônus muscular, desenvolve a coordenação motora e a flexibilidade, desenvolve a concentração e a memorização. Numa hora de dança em ritmo intenso, uma pessoa de 60 a 80 quilos pode chegar a queimar 552 calorias, enquanto o gasto médio, na ginástica, seria de 400 calorias por hora e, no ciclismo, entre 300 e 600 calorias por hora. O médico João Curvo, que só vê benefícios na dança, considera-a uma atividade aeróbica, isto é, que melhora a capacidade cardiorespiratória e queima calorias, trabalhando o corpo inteiro. Segundo ele, quando dançamos, o organismo produz mais serotonina, que diminui a sensação de fome. A dança modela o corpo de forma diferente daquela a que estamos acostumados através da ginástica, pois o corpo do dançarino costuma ser mais leve e esguio, realçando suas formas naturais. Outra vantagem é que não há limite de idade para dançar, desde que não haja contra-indicação médica. Observe, abaixo, a tabela do gasto calórico de cada ritmo, organizada pelo professor de educação física Walter Tuche:


Pessoa com 50 a 80 k
Pessoa com 80 a 100 k
Forró 
6 cal/min
7 cal/min
Valsa  4 cal/min 5,5 cal/min
Soltinho 4,5 cal/min 6 cal/min
Samba de Gafieira  4 cal/min 5,6 cal/min
Samba no Pé  7,5 cal/min 11,2 cal/min
Rock  8 cal/min 11,2 cal/min
Salsa  4,2 cal/min 6 cal/min

Por que aulas de alongamento?

Cada vez mais pesquisadores estao buscando aprimorar o conceito de saúde com o objetivo de melhorar a qualidade de vida das pessoas. Saúde não é somente a ausência de doença. Saúde é a resultante das condiçoes de alimentaçao, trabalho, lazer e atividades físicas bem orientadas.

Atualmente, as pessoas vivem um nível de estresse muito grande devido à vida atribulada que levam e, assim, não têm tempo para realizar atividades físicas, que são de grande importância para o nosso organismo. Com isso, elas acabam se tornando mais vulneráveis a problemas de saúde e têm menos disposição e motivaçao na sua vida pessoal e profissional, baixando o seu rendimento e produtividade. Por razão, é de grande importância o desenvolvimento da aptidão física.

Nesse sentido, aulas de alongamento oferecem vários benefícios:

  • Melhoram a saúde e o bem-estar;
  • Não adotam exercícios extenuantes, com corridas e saltos;
  • Combatem as lesões por esforços repetitivos;
  • Dificultam a instalação da fadiga e do estresse;
  • Auxiliam na correção postural;
  • Ajudam a eliminar toxinas;
  • Previnem e tratam a maioria das doenças do sistema músculo-esquelético, como hérnia de disco, lombagias, dor ciática e outras.

Ballet

Renata Meireles

  O Ballet é uma dança clássica, que proporciona um aumento significativo da flexibilidade, qualidade física essa muito importante nas atividades profissionais e nas tarefas diárias. A perda da flexibilidade, normalmente caracterizada em parte pelo envelhecimento e mais fortemente pelo estilo de vida sedentário, pode aumentar a incidência de lesões musculotendinosas e articulares.

O Ballet é uma atividade que ajuda a corrigir vícios posturais, equilibra o sistema respiratório, descontrai, desinibe, desenvolve a criatividade, a socialização, o ritmo e a coordenação motora. Também fortalece a musculatura de todo o corpo, afasta o risco de osteoporose, trabalha a concentração, a disciplina, reforça a auto-estima, desenvolve a musicalidade e a agilidade mental, é alegre e diverte muito. Todos os movimentos do Ballet são leves e delicados. A bailarina fica com o corpo esguio e uma linda postura.

Nos finais de ano, é costume que seja montado um espetáculo de dança com as alunas de Ballet, com o objetivo de aplicar a técnica adquirida por elas ao longo do ano em coreografias elaboradas, transformando todo o esforço e dedicação de nossas bailarinas em arte: a arte de dançar. Além disto, os pais, familiares e amigos ficam felizes de ver o crescimento, o talento e o trabalho realizado por elas ao longo do ano.

 

A Saúde Está em Nossa Coluna

Sílvio Cunha

O Sei-Tai (Quiroprática) é uma técnica oriental de ajuste ósseo composta por uma série de movimentos precisos aplicados nas regiões articulares, obedecendo a princípios anatômicos básicos e tratando de forma indolor vários distúrbios músculo-esqueléticos. Busca desobstruir nervos que ficam comprimidos ou pinçados pelo excesso de tensão muscular.

Quando realizamos gestos ou adotamos posturas inadequadas, a saúde de nossa coluna vertebral é afetada. Corremos o risco de deslocarmos vértebras, ou ainda, alongarmos ou encurtarmos nossa musculatura.

O resultado disto é a dor, de origem cervical, toráxica ou lombar. Nossos músculos são dotados de certa elasticidade própria, que é agredida, a partir de determinado momento, dependendo dos movimentos inadequados e repetitivos que muitas vezes fazemos, sem nos darmos conta disto.

A terapêutica consiste no ajustamento de vértebras realizado por toques profundos na coluna vertebral, músculos e nervos, para corrigir problemas de ordem reversível e proporcionar a normalidade de suas funções.

 

Como a Dança a Dois Pode Melhorar a Qualidade de Vida dos Praticantes?

Daniel V. Guerra

Segundo a Constituição da Organização Mundial de Saúde (OMS), saúde é “o estado de completo bem estar físico, mental e social e não meramente a ausência de doenças”. A partir dessa definição, podemos entender como a nossa prática aqui no Conexão pode ajudar na saúde.

Podemos começar com os benefícios físicos da dança. Essa prática ajuda na melhora do equilíbrio, flexibilidade e postura do praticante, valências físicas que são de suma importância, principalmente para pessoas da terceira idade, que por causa de uma perda óssea e muscular natural da idade, podem sofrer acidentes decorrentes de quedas, justamente por falta dessas valências. Também há um aumento do gasto calórico e melhora no sistema cardiovascular, pois uma hora de dança de salão pode queimar mais de 300 calorias, dependendo do ritmo. O gasto calórico pode aumentar se o praticante for até a aula com uma boa caminhada.

Entre os benefícios mentais e sociais, podemos citar o fato de estarmos nos relacionando com várias pessoas e em movimento, o que nos ajuda na sensação de bem estar. Está comprovado que quem pratica atividade física tem muito menos incidência de depressão, fato que pode ser aumentado se unirmos a atividade física com o contato social e a música. Ou seja, quem dança vive muito melhor.

            Dica: durante a prática da dança devemos sempre estar atentos para a postura, pois uma postura errada pode ocasionar dores nas costas, pescoço e ombros. Na dúvida, peça para os professores ou assistentes observarem se está dançando com a postura correta. Assim, além de prevenir-se contra dores, sua dança ficará mais bonita. Boa dança para todos!!!

 

Meditação

Sônia Felisdorio 

Meditar... pra que?

Alguns acham bonito... Aquelas pessoas sentadas, no silêncio, aparência tranqüila, música suave, ambiente perfumado... Parece que lá ninguém tem problemas... É! Parece.

Experimente ficar parado, sentado, coluna reta, a mesma música rolando... Aí é que os problemas afloram todos. E a Meditação, cujo objetivo é silenciar a mente, torna-se um verdadeiro campo de batalha: “silencia” – você com a sua Mente. Os pensamentos retornam... Esquece a conta atrasada – “Justamente agora lembrei que o vencimento era hoje!” Era! Silencia...

Será que já passaram 40 minutos? Entreabro o olho. Nossa! Ainda faltam 40 minutos. Melhor esticar as pernas. E os outros, tão tranqüilos, devem estar na 7ª Dimensão...

Mas a persistência é fundamental! Um dia consigo! Silencia! Por que hoje o sininho tocou antes, por que acabou a meditação antes? Não! Os 40 minutos já passaram. Uau! Consegui! E o que aconteceu, que estou tão bem? Comentaram como a dança do tango na sala ao lado dificultou a concentração... Que aula, quando, onde? É assim. O objetivo da Meditação é silenciar dentro para alcançarmos níveis de consciência cada vez mais profundos, onde energias superiores aguardam até que estejamos prontos para recebê-las. Para isso, a necessidade da prática, da insistência. Silenciar a mente é trazer para o físico e o emocional o mais perfeito equilíbrio, controle emocional, segurança. Tornar-se o Ser Perfeito que somos. Em qualquer lugar ou situação.

É como a dança: quando efetuada na perfeição e concentração, não se percebe mais nada ao redor. Apenas o ritmo, você e o parceiro. Para chegar a essa vivência perfeita, houve muita prática, muita persistência... Poucos chegam lá!

Exatamente como na Meditação.

Muitos ficam quietos e de olhos fechados.

Poucos meditam.

 

Respirar É Preciso: A Arte de Respirar

Jussara V. Gomes

A respiração é um movimento sutil, delicado, quase sempre despercebido, por ser mecânico.Em geral, não se pensa para respirar. É um dos nossos atos mais vitais, acompanhando-nos desde nosso primeiro momento de vida até o último.

Tudo o que sentimos se expressa em nossa respiração. Mas assim como o que sentimos afeta diretamente a nossa maneira de respirar, a forma como nos educamos a respirar pode modificar as coisas que sentimos ou a maneira de senti-las. Assim, prestar atenção na respiração e saber respirar adequadamente é uma arte, que pode fazer toda a diferença no nosso dia-a-dia.

O movimento natural e espontâneo de inspirar é ativo (fazemos um esforço físico), enquanto que para exalar não é necessário esforço (movimento passivo). A inspiração está associada à ação, força e excitação. Já a expiração associa-se ao relaxamento e à quietude. Da mesma forma, podemos associar os momentos de pausa com os pulmões cheios de ar e de pausa com os pulmões vazios às sensações de ter ou não ter, de estar suprido ou estar em falta.

O movimento respiratório repete o eterno ciclo da vida, onde se alternam o nascimento e a morte, o encontro e a separação, a ação e o repouso, a chegada e a partida... Deter-se sobre o movimento da respiração é uma das melhores formas de alcançar um sentimento de paz e serenidade.

O indivíduo que não respira corretamente reduz a vida de seu corpo. Treinar a própria respiração é uma verdadeira arte, com amplas e profundas repercussões psicológicas e para a saúde em geral. A respiração correta e profunda faz-nos avançar em direção à luz da nossa própria liberdade.

Obs.: Este texto foi baseado em outro, escrito pela psicóloga Cristine Pombo, de orientação reichiana e bioenergética.

 

Energia...

Sônia Felisdorio e Gabriela Felisdorio

... É tudo que compõe nosso Mundo. Interno e Externo. O Mundo Externo é fácil: tudo que vejo, toco, provo, experimento. O Mundo Interno... N0SSA!!! Poucos têm contato com seu Mundo Interno e no entanto, é o Mundo Maior; pleno de possibilidades, de beleza, riquezas diversas; acessível a todos... que se dispõem a esse mergulho dentro. E descobrem o pulsar da Energia dentro, expandem o poder, felicidade, equilíbrio, harmonia. Está tudo dentro! Energia Pura!!!

Por não estarmos em contato com nosso ser interno, que é pura perfeição, vamos permitindo a invasão de energias negativas e expressamos a desarmonia: raiva, tristeza, depressão, ansiedade, doenças físicas e psicológicas, até que o corpo, que mostra ou sente, não agüenta mais e PUFF! Não deu! Aguarde outra encarnação.

Mas, como é possível harmonizar essas energias? Fazendo o que você faz: exercícios físicos, danças (todas), tratamentos alternativos, alimentação equilibrada.

Embora a maioria busque esse tipo de tratamento para dor física ou relaxamento, é muito mais. É um bem-estar completo.

Ainda tem gente com medo de agulha de acupuntura. Acredita? É porque nunca experimentou e associa à agulha de injeção! Nada a ver! São finíssimas, descartáveis.

            Alguns, ultra-sensíveis, até sentem uma dorzinha. Mas toda semana estão lá! Por que? Sentem profundamente o benefício, o bem-estar, a harmonia.

 

Nosso “Segundo Cérebro”

Por incrível que pareça, os intestinos estão sendo considerados, por médicos e outros especialistas, como o nosso segundo cérebro. Há uma profunda relação entre eles e a pele, o humor, o controle de peso e a própria disposição das pessoas para realizar suas atividades diárias.

O bom funcionamento intestinal é essencial para a nossa saúde e bem-estar. A “prisão de ventre” provoca em nós uma “auto-intoxicação”, ao liberar toxinas para todo o organismo, principalmente para o fígado, rins e pele. A acne, aquela barriguinha mais saliente e certas alterações de humor, por exemplo, estão relacionadas ao funcionamento intestinal irregular, à “prisão de ventre”. Não é por acaso que pessoas mau-humoradas são chamadas de “enfezadas”...

Algumas dicas importantes: acostume-se a beber de 2 a 4 litros de água por dia; inclua pelo menos 3 frutas na alimentação diária, pois garantem quantidades mínimas de vitaminas, fibras e minerais, que ajudam a prevenir diversos tipos de câncer; no almoço, coma bastante verduras, legumes, arroz integral e procure evitar a carne vermelha; o jantar deve ser leve e, de preferência, três horas antes de dormir; durma de 6 a 8 horas por noite e procure acostumar-se a acordar sem o uso do despertador, que é uma verdadeira agressão ao nosso organismo; pratique alguma atividade física pelo menos três vezes por semana.

            Para garantir o bom funcionamento dos intestinos, alguns especialistas recomendam a Colonterapia, um procedimento muito conhecido na Europa e nos Estados Unidos. É um processo de limpeza intestinal que desintoxica através da remoção de fezes retidas no intestino grosso, às vezes durante anos. O processo é complementado por uma dieta alimentar apropriada, uso de fitoterápicos e reposição da flora intestinal com lactobacilos. Pessoas famosas, como Kim Bassinger, Demi Moore, etc. são adeptas da Colonterapia, que além de manter a saúde, em muitos casos também ajuda a emagrecer. 

 

A Importância da Boa Alimentação

Todos sabem quanto uma alimentação regulada é importante para a saúde e bom funcionamento de todo o organismo. Muitas pessoas ainda acham desnecessário o controle e manutenção de uma alimentação balanceada, principalmente para quem faz atividades físicas.

A nutrição é, atualmente, um dos temas mais abordados em revistas e programas de televisão. Já é praticamente um consenso que uma boa alimentação é fundamental para a manutenção da saúde, boa aparência e bem estar geral do ser humano. No entanto, apesar de ser um tema amplamente divulgado, muitas pessoas ainda não sabem ao certo como proceder para melhorar seus hábitos nutricionais.

Conversando com a nutricionista e bolsista do Conexão Nina Catarina, obtivemos algumas dicas interessantes para todos que se preocupam com a saúde.

É importante realizar ao menos três grandes refeições por dia (café da manhã, almoço e jantar) e não haver tempo de intervalo entre as refeições superior a 4 horas, sendo o ideal alimentar-se de 3 em 3 horas, ingerindo pequenas quantidades. Para evitar muitas horas sem comer é que existem as refeições como a colação (entre o café da manhã e o almoço), o lanche da tarde e a ceia (pouco antes do horário de dormir).

Muitas vezes, com a correria do dia-a-dia, é difícil ter horários estabelecidos para se alimentar e a tentação de realizar refeições rápidas na rua, ricas em gorduras e calorias, é bastante grande. Porém, não é impossível ter uma alimentação saudável e balanceada. Basta um pouco de organização, reservando um espaço de tempo para sua preparação (se necessária) e recipientes adequados para seu transporte. Assim, você evitará cair na tentação e permanecerá saudável.

 

Se cadastre no  grupo e receba,    minhas dicas de dança.